[FP] Ice Stark

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Ice Stark

Mensagem por Ned Stark em Ter Jul 15, 2014 9:53 pm

The cold strengthens men
Título da RP: Doesn't freeze in the North
Local em que a RP se passa: Floresta no Norte
Oficio:Nenhum
Tipo de Maestria Evoluída: ( ) Pericia   (x) Atributo
Especificação de Atributo ou Pericia: Agilidade
Tipo de RP: (x) Individual    ( ) Coletiva
Participantes: Só eu <3 e um NPC
Data: 15/07
Clima: Ameno, venta um pouco.
Notas: Bom ... Primeira RP, vamos lá.


thanks Kristen!
avatar
Ned Stark
Stark
Stark

Mensagens : 8
Pontos : 10
Data de inscrição : 06/07/2014

Ficha De Personagem
Membro da Casa: Stark

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Ice Stark

Mensagem por Ned Stark em Ter Jul 15, 2014 10:44 pm

Come train
Q
uando acordei chovia leve lá fora, aquele cheiro de terra molhada adentrava minhas narinas com um pouco de facilidade, eu ainda estava coberta quando a porta do meu quarto de abriu em um baque, estava distraída demais, porém, sorri para o rapaz alto, ele estava com uma caneca que saía uma fumaça pequena em sua mão e sorri de volta pra mim. - Vamos logo sua preguiçosa. - Eu olhei desconfiada pra Lexus o que ele fazia ali tão cedo? Ah! Claro! Os treinos matinais, eu tinha me esquecido totalmente, eu tinha pedido a ajuda a ele com o combate desarmado. - Quem te deixou entrar? - Pulei da cama jogando as cobertas no chão, minha mãe ia arrumar meu quarto depois, ela sempre arrumava, meu pai deveria estar cuidando dos assuntos de Winterfell, ele se levantava e saía antes mesmo do sol despontar no céu. - Sua mãe, vamos logo, vista isso. - Ele me acertou no rosto com uma vestimenta, era um casaco de cor escura, não muito grosso, não estava fazendo frio, mas minha pelo branca parecia sempre não gostar do contato com o sol, mesmo que fraco, eu o vesti rapidamente, eu chegara tão exausta do dia anterior e tão afoita que depois de um banho eu acabei vestindo a roupa de treino, outra remessa e caído no sono, sem jantar ou qualquer coisa. {...}

{...} Ele caminhava sempre a minha frente, a chuva ainda caía aos poucos sobre nossas cabeças e trilhávamos rumo a floresta, o chão estava meio escorregadio por causa da terra molhada com a chuva da noite passada que tinha virado lama, aquelas chuvas de primavera castigavam o Norte as vezes, em noites vinham fortes em outras nem se quer vinham. Eu sempre olhava de um lado para outro, temi estar sendo seguida, não tinha medo de ter que bater em uns curiosos, sabia que não corria o risco de apanhar mesmo, eu temia por Lexus, sabia que ele se ofereceria em meu lugar, ele era um dos poucos amigos, pra não dizer o único que eu tinha, era cinco anos mais velho, deveria andar com pessoas da sua idade, mas estava preocupado comigo, sempre esteve, como um irmão mais velho, meu pai vivia a vigiá-lo, achando que se aproveitava de mim, mas minha mãe sempre o acalmava, ela confiava em Lexus. - Vamos adentrar mais a floresta pra estarmos em maior segurança pra treinar, tome cuidado e não se perca. - Ele falou estalando os dedos a frente do meu rosto, tomei um pequeno susto e ele fez o enorme favor de rir, não gostava que rissem de mim, mas aquela hora eu bem que mereci, andava distraída demais. Eu andava olhando pros meus pés, seguia as pegadas dele feitas na lama fresca, algumas vezes eu até batia a cabeça de leve nas costas dele, foi então que um assobio alto chamou minha atenção, parei por uns dois segundos ou três procurando seu dono, sorri ao achá-lo bem longe de mim, voltei o olhar pra frente e Lexus não estava mais lá, senti meu coração disparar, engoli seco tentando me concentrar, podia tentar achá-lo ou voltar pra casa, meu susto foi maior quando quando senti um par de mãos depositarem-se sobre meus ombros e eu dar um pulo em resposta. - O que eu disse sobre não se perder? Vamos! - Ele me puxou, quase tropecei e caí no chão, já que uma passada dele dava quase duas das minhas. {...}

Quando paramos aquele silencio todo pairou no ar, ele me olhou portando nos lábios aquele sorriso torto nos rosto que me irritava, fazia ele parecer mais convencido do que costumava ser e me dava aquela vontade louca de socar a cara dele. - O que vamos treinar hoje? - Eu pisava com cuidado na lama escorregadia, ele ergueu os punhos a altura do rosto com um olhar semi cerrado. - O que acha? Combate desarmado lobinha, vamos ver o que sabe. - Bufei baixinho erguendo os braços na mesma altura que ele, dei dois passos a frente ficando a uns três passos medianos de distância, por alguns segundos apenas nos encaramos e senti que ficaríamos assim o dia inteiro que eu não desse o primeiro passo, então eu comecei com algo até muito clichês, um soco de direita na altura da mandíbula, ele era altamente mais forte que eu e segurou meu punho com força, girando meu braço e o lavando pras minhas costas, com uma mão ele segurava em meu punho, acho que a esquerda, e com a outra ele empurrava de leve meu cotovelo para cima, mesmo que com pouca força doía um pouco, ta doía um bocado. - Ai, me solta, me solta. - Eu dava mini pulos e ele apertava mais meu braço para cima e doía. - Você acha que fora de Winterfell eles vão soltar você quando pedir? Defenda-se Ice. - Ele gargalhou marotamente e assoprou atrás de minha orelha esquerda, eu tinha que ser rápida. Encolhi a perna direta e depois a estiquei pra trás em um "coice" no joelho direito dele que vacilou um passo atrás, talvez ele não esperasse isso e acabou me soltando. - Muito bem, agora minha vez de atacar. -  Eu arregalei os olhos, pois ele conseguiria muito bem me deixar bem machucada.

Ele veio em minha direção e eu vacilei uns passos, ele tinha os punhos prontos pra socar meu rosto com gosto e eu sabia, no primeiro soco eu me abaixei, mas no segundo ao repetir o ato fui surpreendida com um soco em meu queixo vindo dele de baixo pra cima e caí com tudo na lama meio zonza. - Isso doeu eu idiota. - Balancei a cabeça , não me importei com a roupa suja, me levantei já indo pra cima dele, tentei acertá-lo três vezes com socos em vão, foi que percebi que ele sempre olhava pros lados e calculava mentalmente, até mesmo os que podiam vir de baixo, depois de uma sequência de socos eu achei melhor variar, dei um chute na barriga dele com tudo, apesar de sentir a dor do meu pé, ele segurou minha perna e estava pronto pra acertar com o cotovelo em minha canela e me fazer quebrar um osso com meu total azar, só tinha uma saída arriscada, o medo estava estampado em meu rosto. Joguei meu corpo pra direita procurando o chão, mesmo que cheio de lama escorregadia, no que elas tocaram o chão,a  perna que antes me sustentava no chão se ergueu tomando o rumo do rosto dele e o acertando em cheio no rosto, Lexus soltou a minha outra perna e eu caí meio desajeitada no chão, mas me levantando em um pulo. - RÁ! Chupa essa, vamos lá, levante, vamos lá! - Eu o instigava com uma fúria nos olhos, ele estava furioso e assim ele ficava muito previsível, o que era engraçado. O rapaz correu em minha direção pronto pra me derrubar com tudo no chão, me abaixei o máximo que consegui passando por debaixo do braço direito dele, agora ele estava de costas pra mim e era fácil derrubá-lo, chutei-lhe em suas costas com força, a minha era inferior a dele, mas com a lama o fez cair de joelhos com o chão, apoiando-se com as mãos, enfiei minha mão direita entre os cabelos dele o puxando pra trás, a esquerda, o segurou no queixo o elevando, ponto perfeito pra eu puxar pra um dos lados e PUF ... morto. - Eu poderia te matar agora quebrando seu pescoço, mas sou uma moça boazinha. - Gargalhei baixinho olhando pra ele ainda de costas pra mim, balancei a cabeça negativamente, meu maior erro, ele se levantou furioso e pulou sobre mim, me abaixei de novo, mas dessa vez algo deu errado.

Eu já sorria, cedo demais, senti algo puxar meu cabelo e meu corpo foi de encontro ao solo cheio de lama e por um segundo ou outro eu perdi o ar, fechei os olhos com tudo e respirei fundo, quando os abri ele já estava sobre mim me prendendo com os dois braços no chão. - Assuma sua derrota e pronto. - Sorri de lado balançando a cabeça negativamente, assumir minha derrota? Jamais! Eu sabia que aquilo ia doer e que ia me deixar meio zonza mas eu tentei, bati minha testa com a força que consegui contra a dele, ele piscou algumas vezes assimilando a dor mas não me soltou, aproveitei esse pequeno descuido pra morder o nariz dele, ele deixou um pequeno grito escapar e me soltou se sentando sobre os joelhos, eu escorreguei um pouco na lama antes de conseguir ficar de pé, me afastei uns dois passos antes de correr até ele e chutá-lo com tudo no queixo, pude escutar um grito de dor quando ele bateu as costas no chão, me aproximei pisando sobre os punho dele e sorrindo. - Agora você perdeu, vamos embora, estou faminta. - Pulei de cima dos pulsos dele pra lama e comecei a andar rumo a onde as casas ficavam, começara a chover forte e tudo ficava mais difícil, mas ele vinda logo atrás de mim, ambos estávamos com os corpos doloridos {...}


avatar
Ned Stark
Stark
Stark

Mensagens : 8
Pontos : 10
Data de inscrição : 06/07/2014

Ficha De Personagem
Membro da Casa: Stark

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum