[FP] Arabelle Hightower

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Arabelle Hightower

Mensagem por Arabella Hightower em Sab Set 27, 2014 10:19 pm



Arabella Hightower
15 anos
Westerosi – A campina
Nobre
Casa Hightower de Torre Alta
Fé dos sete

Característica Física  

A bela flor dos Hightower. Assim Arabella foi chamada desde o seu nascimento, com pele tão pálida e delicada como seda, olhos azuis a moda de sua mãe e cabelos em um tom especial de castanho claro. A medida que cresceu, mesmo que suas feições se tornassem mais adultas, ainda não perderam a delicadeza e a suavidade, muito elogiadas por diversos filhos de lordes da campina que pediram sua mão ao lorde Hightower sem sucesso.
Seus fios castanhos se estendem por toda as costas, longos e ondulados, e sempre bem arrumados. Seus olhos azuis, chamativos, parecem ter adquirido um tom mais acinzentado com o tempo, embora continuem brincalhões e indecifráveis. Seu corpo é bem definido, e seus seios são fartos.
Sua silhueta é fina, atraente e aparentemente frágil, em consonância ao que herdara de sua mãe. Bem diferente da robustez inerente de seu pai e irmão mais novo.
Uma rosa facilmente ferida. Muitos podem dizer. Mas não se enganem, Arabella pode ser tudo, menos uma garotinha vulnerável e bela, como muitos tendem a pregar.


Características Psicológicas

Como descrever Arabella em palavras? Bem. Isso depende de quem a vê e como a vê. Então vamos a abordagem mais simples, primeiramente.
Para os outros lordes e população em geral, Arabella não passa de uma adolescente muito bem educada e delicada. Inteligente e versada nas mais diversas artes femininas, como uma verdadeira e completa dama. Gentil, virtuosa e cooperativa. Sempre bonita de se olhar, afável e agradável de se conviver, olhar e conversar. Uma verdadeira joia entre as joias.
Para os servos de seu castelo, não pode existir criança mais doce e amável. E também independente, inteligente, esforçada e um pouco a frente da sua idade. Talvez por ter tido de exercer o papel de mãe para com seu irmão mais novo desde que se entende por gente.
Falando em Viktor, quando poderia haver uma irmã mais dedicada? Arabella cede a quase todas as vontades do pequeno lorde e o mima mais que qualquer pessoa do castelo. De vez em quando, tende a jogar alguns jogos com ele também, como lutas de espadas ou corridas de cavalo. Embora muitas vezes se deixe perder diante dos choros inusitados e mimados do menino de cabelos loiros.
Docê, frágil e amável. Uma verdadeira dama. Assim é Arabella. Pelo menos de trás das câmeras, onde gosta de se fazer de certinha, boazinha e inocente. Verdade? Não exatamente. Pela própria criação do pai, antes de morrer, a filha mais velha dos Hightowers se tornou quase totalmente fria e manipuladora, disposta a fazer tudo para conseguir o que quer e jogar com palavras, movendo suas peças por baixo dos panos ou de sua mascara. Afinal, que jeito melhor de vencer o jogo dos tronos, se não brincando de seu jogo de faz de conta preferido?


Historia

Minha história? Se os senhores insistem tanto, não vejo problemas em conta-la, embora o interesse em ouví-la não será tão grande assim. Afinal, minha história é lotada de todos os pormenores e especificidades comuns a qualquer dama da corte.
Nasci no ano de 201 DCA, durante o longo verão, do ventre de Alys Florent. Claro que como filha primogenital, não fui exatamente o herdeiro mais desejado por Axell Hightower, mas de nenhuma forma, eu posso reclamar de quaisquer maus tratos ou tristeza permeando aquela data. Eu era linda como um anjo que veio ao mundo, bela e delicada, mais frágil demais, como um pobre animal pálido que não aguentaria dar novas empreitadas pelo mundo antes de ser morta.
Largo engano. Alguns meses me transformaram em um bebe brincalhão e corado, que passava os dias rindo no colo de minha mãe e encantando quase todos os que visitavam o castelo de Torre altas.
Um ano e meio, esse fora o tempo suficiente para que falasse e conseguisse engatinhar. E, desde aquela época, a septã e o meistre ficaram responsáveis por minha educação, enquanto que, minha mãe, tentava engravidar de um novo herdeiro sem sucesso.
Um ano, dois. O tempo passava, e eu continuava como a única herdeira, mimada e inteligente. Sempre talentosa a aprender coisas de damas e agradáveis com estranhos. Aos cinco anos, diante da perda de mais um filho, meu pai simplesmente se tornara mais próximo a mim, e diversas lições mais complicadas como cavalgar ou luta de espadas me foram ensinadas. Suas esperanças de um herdeiro haviam se rompido, e naquela época, eu me tornara sua única opção. Ou não.
Dois anos depois ele veio. Claro, loiro e emburrado, com uma cara gorda e rosada que me fizera rir ao lembrar de um porco filhote. O primeiro filho homem, e último herdeiro de papai, já que, em seu nascimento, mamãe havia partido, deixando como ultimas palavras que eu tomasse conta dele, porque ia precisar. Do pequeno Viktor.
Inicialmente, minha inveja infantil o odiou. Eu queria chutá-lo, mata-lo, afastá-lo dali por ter tirado minha mãe e minha chance de ser futura herdeira de papai. Mas o que poderia fazer se as damas de leite não o largavam, e até seus aposentos eram mantidos pelos melhores guardas, sempre a vista.
Eu não podia fazer nada. Não com eles ali, a não ser fingir a boa irmã e continuar as minhas atividades. Exceto por uma oportunidade. Uma escura e memorável noite, quando tinha nove anos de idade, e dormia tranquila em meu quarto, quando o pequeno lorde se aproximou quase aos berros em uma noite de trovão, querendo que lhe fizesse companhia.
Lembro de tê-lo amaldiçoado pela minha desgraça naquele dia, antes que dormisse. E até confesso que peguei o meu punhal de enfeite para mata-lo. Mas, por instantes, pude notar sua expressão. Tranquila, alegre e inocente. Como um cachorrinho sem dono e treinável. Perda, ganhos? O que tinha pela frente? Por instantes, as palavras de minha mãe se repetiram na cabeça, embora claramente deturpadas. Mas talvez úteis para sua sobrevivência, já que naquele momento tudo mudou. E Arabella Hightower, eu, resolvera manter aquela criança com toda a devida atenção que lhe era possível. Ajudando-lhe, contando histórias e afagando suas lagrimas, quando chorava como uma pobre criança sem mãe.
De irmã. Me tornei uma segunda figura protetora, mesmo que por interesse, e em meu amago, transformei aquele menino, em meu querido e mimado ser dependente. Algo como um brinquedo andante, que supria as necessidades de atenção de mim roubada.
Uma perfeita dama, assim me tornei até o final, e por várias vezes recebi propostas dos mais diversos nobres. Mas, ambicioso como era, meu pai as recusava. Queria algo maior, um Tyrell ou Lannister por exemplo. Ou quem sabe um Arryn, ou o próprio príncipe? Como uma joia, eu fora guardada as sete chaves, enquanto era paparicada como um tesouro politico dotado de inestimável valor. Não que reclamasse. Não queria me curvar a um lorde menor imbecil, ou ser jogada as traças, em uma rotina interminável de dar a luz a novos senhores e senhoras. Eu queria mais, e tinha certeza disso.
E, embora a morte de fato de papai em um incidente realmente tenha representado uma terrível casualidade, para a qual me comportei como era esperado. As palavras que pronunciei diante de sua memória não foram pesarosas, e sim determinadas. Sendo a Lady de Torrealta ou não, eu não deixaria nossa casa cair nas mãos dos oportunistas diante de meu irmão de oito anos.
A sombra por trás do pequeno Lord Hightower? É. Talvez eu seja isso. Embora todos me conheçam apenas com a frágil. inocente e perfeita joia chamada Arabella.


thanks rapture
avatar
Arabella Hightower

Mensagens : 6
Pontos : 10
Data de inscrição : 27/09/2014

Ficha De Personagem
Membro da Casa:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Arabelle Hightower

Mensagem por Tyrion Lannister em Dom Set 28, 2014 1:16 pm

APROVADA
avatar
Tyrion Lannister
Lannister
Lannister

Mensagens : 115
Pontos : 121
Data de inscrição : 14/07/2014
Idade : 25
Localização : Westeros, bitch ;)

Ficha De Personagem
Membro da Casa: Lannister

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum